Download Ancient Wisdom: Nyingma Teachings of Dream Yoga, Mediatation by Gyatrul Rinpoche PDF

By Gyatrul Rinpoche

E-book through Rinpoche, Gyatrul

Show description

Read Online or Download Ancient Wisdom: Nyingma Teachings of Dream Yoga, Mediatation & Transformation PDF

Similar consciousness & thought books

Identity and Modality (Mind Association Occasional Series)

The 11 new papers during this quantity handle primary and interrelated philosophical concerns relating modality and identification, matters that have been pivotal to the improvement of analytic philosophy within the 20th century, and stay a key concentration of discussion within the twenty-first. id and Modality brings jointly major researchers in metaphysics, the philosophy of brain, the philosophy of technology, and the philosophy of arithmetic.

Process Approaches to Consciousness in Psychology, Neuroscience, and Philosophy of Mind

Opens a discussion among strategy philosophy and modern attention reports.

The Ethics of Subjectivity: Perspectives since the Dawn of Modernity

During the works of key figures in ethics given that modernity this ebook charts a shift from dominant fixated, goal ethical structures and the dependence on ethical experts reminiscent of God, nature and kingdom to common, formal, fallible, individualistic and/or susceptible ethical structures that occur from the fashionable subject's workout of cause and freedom.

First, second, and other selves : essays on friendship and personal identity

In her essay assortment First, moment, and different Selves: Essays on Friendship and private id, recognized pupil of historical philosophy Jennifer Whiting gathers her formerly released essays taking Aristotle's theories on friendship as a springboard to have interaction with modern philosophical paintings on own id and ethical psychology.

Extra resources for Ancient Wisdom: Nyingma Teachings of Dream Yoga, Mediatation & Transformation

Example text

O privilégio retoma pois ao movimento que permite passar de um a outro, movimento que, desde então, constitui a verdade de um e de outro. Esse movimento consiste na operação da própria mediação. E, no caso que nos ocupa, o da relação entre o Ser e o Nada, o discurso que efetua essa mediação dá a si mesmo um novo conceito, que podemos designar como verdade do Ser e do Nada: o de*. O devir é a superação do Ser e do Não-Ser, "que, ao mesmo tempo que ressalta a diferença entre eles, a redra e a suprime".

Pois o problema não é nada mais nada menos que o da constituição da cultura, em seu fundo "existencial' e em sua tripla manifestação, estética, religiosa e filosófica constituição que permite compreender, entre outras, por que tal "concepção filosófica" originou aquela outra (ou a sucedeu), por que todo esse trabalho estimulante termina agora e por que, de 77 repente, a retomada, podadora de inteligibilidade, é, doravante, possível e real. Precisemos um ponto: é evidente que essa sistemática muitas vezes não leva em conta a história científica como hoje a concebemos.

Na medida em que se pode folar aqui de pensamento (ou de intuição), há uma diferença entre penar (ou intuir) alguma coisa ou nada. Nada pensar, nada intuir, isso tem pois uma significação; os dois são distintos. e assim o nada é (existe) em nosso pensamento ou nossa intuição; ou antes, mata-se de um pensamento e de uma intuição vazios, como no caso do ser puro. — O Nada tem aqui a mesma determinação, ou a mesma ausência de determinação, que o Ser puro, sendo portanto a mesma celsa que ele. C. O DEVIR: I.

Download PDF sample

Rated 4.05 of 5 – based on 11 votes